8.7.06

Aposentadoria

Rita Cadillac, de 52 anos, vai casar em janeiro com o comerciante Luís de Nobre, de 38 anos. O matrimônio vai fazer com que a ex-chacrete encerre sua carreira de atriz pornô em dezembro deste ano, quando vence seu contrato com a produtora Brasileirinhas, para tristeza dos amantes do gênero. O anúncio foi feito por Rita ontem de madrugada, durante a festa de lançamento de seu terceiro filme pornô, realizada no Bar Brahma, no Centro de São Paulo.
Mas a ex-chacrete pode voltar a gravar cenas para um novo filme até o final do ano, caso a produtora a convide. Segundo ela, o contrato não estipula quantos filmes teria que gravar até o fim dele. "O Luís entende que faço um trabalho profissional. Mas depois do casamento não dá para continuar nessa carreira", contou Rita ao Mondo Cane. Segundo ela, o comerciante é seu vizinho. "Estamos juntos há mais de um ano", disse a futura ex-atriz pornô.
Em seu terceiro filme pornô, chamado "A 1ª Vez de Rita Cadillac", a ex-chacrete faz sexo pela primeira vez com uma mulher. A escolhida para iniciar Rita em cenas de lesbianismo foi Lana Starck, de 31 anos, atriz que calcula já ter atuado em cerca de 30 filmes pornôs em quatro anos. "Estava sem filmar há um ano, quando o Luís Alvarenga (dono da Brasileirinhas) me convidou para atuar com a Rita", contou a veterana Lana Starck.
Como nunca tinha se relacionado com uma mulher, Rita afirmou que Lana teve que quebrar seu gelo. "Ela brincava o tempo inteiro comigo, deixando-me à vontade", observou a ex-chacrete. Lana contou que Rita foi perdendo aos poucos o nervosismo de encarar a cena de lesbianismo. "A Rita estava meio sem saber o que fazer e eu cochichava no ouvido dela durante a cena. Eu tenho uma certa experiência com pessoas novatas no gênero", diverte-se Lana.
A experiência não caiu no gosto de Rita, que gosta mesmo do sexo oposto. "Encarei profissionalmente", falou a ex-chacrete, que aparece repaginada no novo filme, com 200 ml de silicone em cada seio e com a barriga lipoaspirada. Antes desse 3º filme, Rita tinha estrelado "Sedução", lançado em 2004, e "Sexo no Salão 2005", que chegou às locadoras no carnaval do ano passado. "Minha família e meus amigos me apoiaram quando decidi fazer os filmes. Isso que importa", disse Rita.

2 comentários:

Bartira disse...

Ela chegou a comentar no programa da Luciana Gimenez, quando fez o primeiro filme pornô, que tinha se arrependido. Agora, com sua bela reportagem, vejo que ela fez 3!!!! Mas é uma cara de pau...rs...não devia ter ido fazer cena de arrependimento...

Dunha disse...

O filme foi lançado no último dia 15.